logo

(19) 3396-9695 | 3396-9685

O Fisioterapeuta do Trabalho como um Membro da SESMT

SESMTO profissional de fisioterapia tem como objeto de estudo o movimento humano em todas as suas formas de expressão e potencialidades, possuindo em sua formação acadêmica as disciplinas de cinesiologia, patologias, biomecânica, biomecânica ocupacional, entre outros.

A formação do Fisioterapeuta do Trabalho volta à atenção aos níveis de prevenção em saúde, estando ele atualmente exercendo essas atividades nos SESMT’s (Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho) em modelo informal dentro das organizações, atuando com principal objetivo na saúde funcional.

Agregando seus conhecimentos de biomecânica ocupacional (que analisa basicamente a questão das posturas no trabalho e aplicações de força) e da funcionalidade humana para as análises ergonômicas do trabalho, o Fisioterapeuta do Trabalho torna a função da ergonomia, uma disciplina que trata da compreensão das interações entre os seres humanos e outros elementos de um sistema, visando adequar sistemas de trabalho às características de trabalho das pessoas que neles opera, mais eficaz e com resultados mais estruturados e positivos. Promovendo assim a prevenção de doenças ocupacionais relacionadas ao trabalho (DORT).

SESMT

Sua atuação ocorre através da prevenção primária, secundária e terciaria do trabalhador, onde o profissional Fisioterapeuta do Trabalho elabora e gerencia um programa de exercícios laborais específicos preparatórios e compensatórios, realiza reeducações posturais dos trabalhadores, analises biomecânicas posturais e dos equipamentos, promove programas de conscientização dos funcionários, participa do comitê de ergonomia (COERGO), além de poder exercer o tratamento dentro da própria empresa em casos de doenças de trabalho em fases iniciais e realizar a integração e reinserção de colaboradores pós-lesões que retornam suas atividades.

O Fisioterapeuta do Trabalho complementa o trabalho da SESMT participando dos exames admissionais, podendo diagnosticar doenças pré-existentes, alterações biomecânicas e estruturais originadas em atividades passadas, encaminhando o individuo para correção de suas alterações biomecânicas e direcionando a setores com características biomecânicas e ergonomicamente adequadas para aquele trabalhador; atuando, também, nos exames periódicos, evitando muitas doenças que se agravam dentro das empresas; e nos exames demissionais.

Fonte: José R. V.; Fisioterapia do trabalho: cuidando da saúde funcional do trabalhador.- Editora: Andreoli -São Paulo,2008