Ginástica Laboral a importância da prática em dias frios

Ginástica Laboral a importância da prática em dias friosO frio costuma desencorajar muita gente, até os mais motivados. Por isso, quando o inverno chega, há sempre uma queda na frequência dos praticantes da atividade física, seja na Ginástica Laboral nas empresas, nas academias ou em atividades ao ar livre.

Já reparou a forma como seu corpo reage quando está fazendo frio? Os pelos se arrepiam, o corpo treme, as extremidades (geralmente mãos e pés) ficam frias.

A ciência explica que todas estas reações são pura química. A sensação de frio está associada a processos endotérmicos. Todas as reações químicas e bioquímicas liberam ou absorvem energia do ambiente de alguma forma. Os processos que liberam calor são denominados exotérmicos e nos transmitem sensação de aquecimento. É o caso, por exemplo, das combustões. Já nos processos endotérmicos, o calor do ambiente é absorvido e isso pode ser percebido pelo nosso corpo.

A temperatura normal do corpo humano é na faixa de 36,5ºC. A elevação ou redução dessa temperatura pode ter efeitos danosos ao organismo, que apresenta mecanismos que tentam evitar esse problema. No frio, o corpo reage de modo a evitar a hipotermia, que é uma queda da temperatura para abaixo de 35ºC. Todas as reações químicas que permitem que o metabolismo e as funções do corpo funcionem adequadamente dentro das células dependem da manutenção da temperatura do corpo em 35ºC. Se a temperatura cai, elas simplesmente param de acontecer.

Além disso, as dores musculares também costumam ser mais comuns, causando desconforto principalmente em pessoas que ficam sentadas por muito tempo. "Nossos músculos são a grande fonte geradora de calor do nosso corpo e, nos dias frios, são mais exigidos. Ou seja, se contraem mais para gerar calor, o que os torna mais tensos e, por vezes, rígidos.

Para diminuir os impactos do frio no corpo, seguem algumas orientações:

Fonte: https://administradores.com.br